Design e Decoração

As 6 melhores dicas de atendimento ao cliente para designers de interiores

11/06/2018

Tão importante quanto fazer um bom trabalho é dar ao cliente o conforto necessário para confiar em você enquanto profissional que se dispõe a fazer determinada atividade. É isso o que diferencia grandes empresas de outras que não conseguem se destacar: o bom atendimento.

Sendo assim, é preciso ter uma atenção especial às possibilidades que o especialista em design de interiores pode encontrar para fazer do atendimento o seu diferencial de mercado. Conhecer algumas das melhores dicas de atendimento ao cliente são essenciais para que você sofistique o seu trabalho e encontre espaço para crescer profissionalmente.

Quer saber quais são elas? Então não perca tempo. Siga conosco e acompanhe o texto até o final.

1. Considere o ponto de vista do seu cliente

Essa dica é fundamental e serve como referência para todas as outras. Muitas vezes, estamos tão preocupados em atingir nossos próprios objetivos profissionais que acabamos deixando de lado o que realmente importa: a satisfação do cliente. Sem ela, mesmo que o seu negócio seja realmente de qualidade, os seus serviços terão maior dificuldade para se estabelecer no mercado.

Nesse sentido, é preciso entender o que cada cliente quer. Quando você considera suas expectativas e consegue antecipar suas necessidades, a ponto de fazer sugestões relevantes para seus interesses, a tendência é que ele considere os seus serviços sempre que for preciso, evitando a concorrência.

O ideal é que você consiga compreender os valores e as expectativas do cliente, por isso esteja sempre conversando com ele, juntando o maior número de informações possíveis. Nesse ponto, use ferramentas como pesquisas e até entrevistas.

2. Tenha recursos à sua disposição

A tecnologia deve ser uma aliada nos diferentes setores do seu negócio. Hoje, existem soluções como softwares, aplicativos, entre outros. Até para que as informações sejam um diferencial, é preciso contar com recursos que garantam não somente a catalogação dos diferentes dados dos clientes como também a centralização deles e a facilidade na busca pelo seu histórico.

É importante destacar que um sistema de atendimento permite tudo isso, fazendo com que toda a informação necessária seja devidamente controlada para que a sua relação com o cliente seja aperfeiçoada.

Assim, é possível oferecer um portal de atendimento ao cliente, controlar cadastros, gerenciar canais de maneira unificada, gerar relatórios personalizados, medir o nível de satisfação, responder de maneira padronizada e fazer inúmeras outras ações, o que permite a você melhorar a velocidade do atendimento, bem como sua qualidade e fazer com que ele aconteça de maneira mais transparente.

3. Invista constantemente em treinamento

O atendimento deve ser pensado como a maneira como o profissional se vende diante do cliente, sendo assim, é preciso ter uma estratégia para que a comunicação seja adequada aos interesses estratégicos do negócio.

Para tanto, o ideal é investir em treinamento. Isso garante que tanto o profissional que atua sozinho, quanto uma equipe que colabora com determinada empresa, estejam alinhados com os objetivos do negócio, fazendo com que a agilidade e eficiência no atendimento tragam benefícios como economia e maior qualidade no serviço.

Um serviço pautado no bom atendimento tem maiores condições para oferecer uma impressão positiva no cliente. Isso é significativo. Por esse motivo, esteja sempre em busca de novos conhecimentos, seja em workshops, treinamentos sobre os produtos e serviços oferecidos e materiais a serem utilizados para a realização do projeto e tenha recursos para oferecer um atendimento personalizado e de qualidade.

4. Classifique os seus clientes

É preciso organizar a sua carteira de clientes. Isso pode ser feito quando você divide seus consumidores por categoria. Da seguinte forma:

  • clientes ativos, que adquirem os seus serviços e respeitam o ciclo de compras;

  • clientes inativos, que já não adquirem os seus serviços ou que desrespeitam o ciclo de compras;

  • prospects, que têm o interesse em adquirir os seus serviços;

  • ex-clientes, que já foram clientes no passado.

Em função dessa classificação você pode desenvolver estratégias diferentes para melhor atender a cada grupo.

Por exemplo, os clientes inativos são importantes para você, pois diante de uma ação inteligente, eles podem passar para a categoria de ativos com maior facilidade do que os ex-clientes. Já os prospects podem ser vistos como clientes em potencial, sendo assim, com uma estratégia focada nesse público, você pode expandir sua clientela e, dessa forma, melhorar seus resultados.

5. Construa relacionamentos comerciais

Na busca pela fidelização de clientes é imprescindível contar com o auxílio de outros profissionais atuantes no mercado. Assim como na Arquitetura, no Design de interiores, o gosto pessoal ou determinada tendência arquitetônica em específico costumam ser determinantes na escolha de um cliente.

Por esse motivo, manter bons relacionamentos com outros profissionais é algo que deve ser valorizado profissionalmente. Estar em evidência junto a clientes, parceiros, fornecedores e até concorrentes é algo que pode potencializar o desenvolvimento do seu negócio.

Saiba se beneficiar das indicações. Tanto quanto oferecer um serviço de qualidade, isso pode ajudar você a se tornar uma referência em sua área de atuação, ajudando, assim, a captar um número maior de clientes. Vá a eventos, participe de grupos. Isso tudo é muito útil.

6. Esteja onde o seu cliente também está

Seu perfil nas redes sociais pode funcionar como um canal de atendimento extremamente eficiente. É muito mais fácil para o cliente tirar qualquer dúvida por meio de uma mensagem no Facebook do que fazendo uma ligação telefônica. Por isso, invista na construção de perfis capazes de facilitar a vida do seu consumidor.

Tenha atenção às características de cada site. O LinkedIn, por exemplo, segue uma linha mais corporativa, enquanto o Instagram permite uma divulgação dos seus serviços por meio de imagens e o Facebook permite a sua aproximação de uma audiência maior.

Além disso, não deixe de usar seu site para atualizar o seu portfólio. Dessa forma, além de estar sempre próximo do cliente, você tem como divulgar seus serviços e, assim, fechar novos negócios.

Em resumo, atender bem significa investir nesse setor do seu negócio para estar sempre atualizado e agindo com critérios. Garantindo isso, a tendência é que os benefícios se acumulem e você tenha como crescer profissionalmente em menos tempo.

Agora que você conhece nossas dicas de atendimento ao cliente, confira também os desafios de um projeto de interiores.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário