Varejo

7 passos para ajudar o projetista a vender mais

01/10/2018

Vender mais é um dos grandes objetivos de qualquer projetista profissional. É assim que se torna possível aumentar a entrada de recursos, investir no aprimoramento do negócio e se destacar da concorrência. A questão que se coloca é como vender mais de forma ética e sustentável.

Em primeiro lugar, sabe-se que vender no atual contexto não é algo fácil. A internet tem tornado o acesso às informações mais fácil, oferecido maior poder de escolha aos clientes e tornado a competitividade acirrada. Por outro lado, nunca foi tão fácil se conectar, apresentar os trabalhos realizados e chamar a atenção do público-alvo. O que é preciso, então, é que o projetista encontre maneiras de vender mais, aproveitando as oportunidades e ameaças do seu mercado.

Neste post, reunimos uma série de informações sobre o assunto e 7 passos que ajudarão você aumentar as vendas. Ficou interessado? Continue a leitura!

1.  Aumente a visibilidade dos projetos

O antigo jargão “quem não é visto não é lembrado” se aplica muito bem quando o assunto é vendas. Ao dar mais visibilidade aos projetos vendidos, é possível despertar o interesse e chamar a atenção do público-alvo.

No marketing, essa ideia é chamada de AIDA, um acrônimo de: atração, interesse, desejo e ação. Ou seja, é preciso chamar a atenção, despertar o interesse pelo projeto, criar o desejo de compra e, por fim, incentivar a ação do cliente.

Para atingir esses objetivos, é preciso fazer uso das novas tecnologias e manter-se mais presente no dia a dia do público de interesse. Ferramentas como redes sociais, anúncios patrocinados e outras ações, em especial pela internet, ganham cada vez mais força, por terem amplo alcance. Esse é o assunto do próximo tópico!

2. Conte com a força das redes sociais

As redes sociais cada vez mais se assemelham a plataformas de compra e venda de produtos. Não é para menos. São bilhões de usuários ativos diariamente em todo o mundo, o que é visto como um mercado e tanto.

É preciso, porém, avaliar quais são as mídias mais utilizadas por seu público-alvo e identificar os melhores horários para postagens. No Facebook, por exemplo, os horários de maior alcance ao longo da semana são das 10h às 15h. No Instagram, o domingo é o dia com pior engajamento do público, de modo geral. Faça uma pesquisa e veja como seu público se comporta.

3. Desenvolva o senso de confiança

Pode não parecer, mas grande parte do sucesso das vendas vem da confiança. Se o projetista confia em suas qualificações profissionais e nos projetos já elaborados, tem maior segurança no momento de negociar e de fechar vendas de qualidade.

Tenha atenção à insegurança, pois ela pode passar uma imagem negativa do profissional. A falta de confiança afeta os pensamentos, emoções e fisiologia do negociador. A linguagem corporal deixa de ser convidativa, a voz fica fraca e faltam argumentos para fechar uma negociação do tipo ganha-ganha, na qual os dois lados saem beneficiados. 

É preciso entender, no entanto, que o estado de confiança depende única e exclusivamente do projetista. Ele deve se manter relaxado, focado e entusiasmado no momento da venda, assim, será muito mais fácil conquistar os clientes.

4. Invista na credibilidade dos projetos

Para vender não é necessário apenas oferecer menor preço, especialmente quando o assunto é projetos e móveis planejados. É preciso conquistar credibilidade. Dito de outro modo, é preciso tornar o projeto crível para vender.

Há algumas dicas para obter credibilidade, e uma das principais é agregar valor ao projeto o tempo todo. Aproveite para falar dos detalhes, da madeira utilizada, de projetos de responsabilidade social apoiados, empregos gerados, prazos cumpridos e rigorosos padrões de qualidade. Se o cliente percebe que o seu produto é único e especial, há mais chances de conquistar o consumidor.

5. Evite vender cedo demais

Muitos profissionais estão tão entusiasmados que acabam vendendo cedo demais. Parece uma afirmação estranha, não é mesmo? Mas trata-se de uma ação repetitiva que afasta os clientes. Aliás, ela deve ser abolida do negócio!

Antes de começar a vender o projeto, aprenda a fazer as perguntas certas e a ouvir. Isso pode parecer clichê, mas trata-se de uma estratégia que ainda agrada o público. E é grande o número de profissionais que perdem o foco da parte mais importante, o cliente, e deixam de vender com eficiência.

Para adotar esse hábito, uma ótima dica é limitar seu tempo de fala. Reduza os discursos de venda para cerca de 30 segundos ou menos. Isso também é útil pelo fato de muitas pessoas terem baixo grau de concentração.

6. Estabeleça metas e indicadores de vendas

Vender também diz respeito a números e resultados. É preciso criar metas claras e inteligentes, que incentivem a saída de certo volume de projetos da empresa. E mais, é crucial monitorar continuamente os indicadores para verificar o que pode melhorar.

Boas metas funcionam como uma bússola, já que indicam o caminho certo. Quando o percurso é incerto, os riscos são diversos.

Os indicadores-chave de desempenho, comumente chamados de KPIs, também devem ser observados. Eles indicam o que tem ocorrido conforme o esperado na área de vendas e o que precisa de ajudas. O ideal é contar com a ajuda de um software nesse processo.

7. Conte com a ajuda da tecnologia

Para finalizar, é importante contar com softwares focados no setor moveleiro. Eles não só impactam de maneira positiva as vendas de projetos, como também otimizam a produtividade diária, a conectividade entre os diversos setores da empresa e melhoram os processos.

Em se tratando das vendas, com um bom software é possível ter acesso aos preços, custos e orçamentos de modo muito mais rápido, o que reflete na prontidão e na qualidade do atendimento ao cliente. Além disso, essa tecnologia agrega maior segurança às informações transmitidas, evitando-se equívocos e falhas que prejudiquem a venda.

Colocando essas dicas em prática, há mais chances de sucesso, e o projetista pode vender mais e com maior qualidade. Além disso, os clientes ficam mais satisfeitos, leais e se transformam em promotores da marca.

Agora que está por dentro do assunto e sabe como vender mais, aproveite para deixar seu comentário no nosso post. Compartilhe suas dúvidas, sugestões ou experiências!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário