O que é Compliance e como se aplica ao setor industrial?

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você é proprietário ou exerce um cargo de diretoria em uma indústria, com certeza sabe o que é possuir múltiplas tarefas para cumprir no dia e ter que estar atento a todos os aspectos desse negócio, desde a gestão até a produção, certo?

Essa responsabilidade, sem dúvidas, exige muito conhecimento, experiência e vivência. Você certamente se preocupa em desvendar novas maneiras de superar sua concorrência e garantir uma mão de obra qualificada. Tudo isso, claro, vai fazer com que você atinja o seu objetivo final que é garantir a satisfação de seus clientes.

Foi a partir dessas necessidades de negócio que o Compliance surgiu. A proposta dele engloba questões indispensáveis que prometem aprimorar todos os aspectos de uma organização. Essa técnica se dá por meio de valores muito conhecidos pelos profissionais da sua área, mas que nem sempre são praticados ou valorizados.

Que tal entender de uma vez por todas quais são esses conceitos, aprender a aplicá-los no seu negócio e sair na frente em relação a seus concorrentes? Confira a seguir!

O conceito de Compliance

Está na hora de simplificarmos todos os conceitos sobre o que é Compliance que você pode ter ouvido por aí. Esse termo dá nome a um dos setores que deve compor a estrutura de um negócio.

Seu intuito é promover melhorias nos diversos âmbitos que envolvem a performance de uma empresa por meio do cumprimento de regras. Conheça adiante os principais componentes que devem fomentar esse departamento.

Governança Corporativa

Uma das primeiras propostas promovidas pelo Compliance é a participação engajada dos líderes do negócio. Eles precisam estar comprometidos com a gestão. O envolvimento e supervisão desses líderes deve ser focado em garantir transparência e a ética nos negócios, bem como o cumprimento de normas e leis.

Gestão de riscos

Esta é outra prática promovida pelo Compliance que envolve a prevenção, identificação e monitoramento de riscos. Nesse âmbito, estão inclusos todos os aspectos que podem ameaçar o bom funcionamento dos processos de um negócio, desde a manutenção de equipamentos até a proteção de documentações essenciais, por exemplo.

Gestão de Processos e Negócios

A gestão de processos é outro ponto primordial promovido pelo Compliance que foca na entrega de valor para o cliente. Por meio da otimização de processos, cumprimento de prazos, eficiência em entregas, identificação e solução de gargalos, atrasos e desperdícios, esse tipo de gestão permite que os clientes experienciem a proposta do seu negócio de maneira altamente positiva.

A importância do Compliance

Ao pensar em Compliance, você precisa tem em mente que empresas com um setor desses bem estruturado e ativo são muito mais bem-vistas no mercado. Você consegue imaginar o porquê disso?

Bom, ter um setor de compliance faz com que a empresa seja mais elegível para parcerias de negócio, por exemplo. Mas, atenção, isso só é válido quando o departamento realmente participa do dia a dia da empresa, e seus conceitos são verdadeiramente aplicados em seus processos.

O que leva esse departamento a ser tão relevante é o fato de que, com sua abordagem, é possível apurar irregularidades que estejam ocorrendo no negócio de maneira mais efetiva e, principalmente, tomar medidas para solucionar esses problemas.

Parece óbvio, mas é sempre bom destacar que a sua organização precisa agir de acordo com o que ela prega. Desvios de conduta já são negativos no âmbito pessoal, e no âmbito empresarial, as consequências podem ser mais severas.

Pelo fato de o Compliance demandar tanta eficácia, pode parecer para alguns profissionais que ele não serve para nada mais do que estabelecer normas cada vez mais rigorosas e menos motivadoras. Entretanto, essas afirmações não poderiam estar mais equivocadas.

Ao contrário do que pode parecer, o Compliance é uma ferramenta que permite que a empresa seja cada vez mais sustentável a longo prazo. Os pilares da sustentabilidade são o respeito ao meio ambiente, a garantia de qualidade de vida no trabalho para todas as equipes da empresa, e a constante geração de lucro.

O Compliance incentiva essas práticas por meio dos caminhos corretos. Ele ajuda a acompanhar e identificar as necessidades de empresa de maneira personalizada para cada momento do negócio. Sua capacidade de permitir abordagens e soluções variadas são o que fazem com que ele seja essencial para qualquer organização.

Os meios necessárias para aplicá-lo

Para implementar o Compliance em sua organização, primeiramente, você deve contratar profissionais especialistas para redigir um código de conduta que seja de fácil entendimento para todos os funcionários e interessados.

A seguir, você deve garantir que todos o quadro de colaboradores recebam essas informações. É ideal deixá-los alinhados com as pautas abordadas de uma maneira que, ao mesmo tempo, eles se sintam incentivados e engajados.

Você pode até mesmo criar canais de conduta permanentes que permitam que os indivíduos possam informar sugestões ou indicar condutas que consideram inadequadas.

O próximo passo é fazer com que todos os cargos de gerência e diretoria da empresa sejam um exemplo do que consta no código estabelecido. Com isso, os valores serão sempre reforçados no dia a dia da empresa.

Por fim, as práticas adotadas na sua empresa devem ser apresentadas a todos os stakeholders para que a mensagem seja cada vez mais disseminada. A implementação do Compliance na sua empresa pode ser considerada até mesmo um diferencial competitivo.

Os benefícios da aplicação

Veja quais são os benefícios da aplicação do Compliance:

 

  • processos são modelados garantindo maior otimização e monitoramento;

  • riscos são analisados de maneira mais criteriosa;

  • certificações essenciais, como ISO, são garantidas;

  • ocorre atração de capital de investidores por meio da geração de confiança;

  • colaboradores sentem-se beneficiados e são motivados;

  • é possível eliminar falhas em comunicação garantindo agilidade e confiabilidade;

  • eficiência e qualidade de produtos e serviços é elevada.

Agora que você já entendeu o que é Compliance e sua importância para um negócio, sem dúvidas você já planeja adaptar um plano para implementação desse setor na sua empresa.

Foque nos objetivos que o setor de Compliance pode proporcionar para a organização e não deixe de continuar se atualizando sobre o seu mercado.

Aproveite para conferir o nosso post sobre os segredos do controle de produção de uma fábrica de móveis!

Sobre Fábio | Promob

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *