Marcenaria moderna: 5 passos para otimizar processos no seu negócio

Tempo de leitura: 18 minutos

A marcenaria moderna se distingue das de antigamente devido à intensa profissionalização e estruturação de processos. Se antes esse era um negócio artesanal e de porte muito pequeno, agora ele se transformou em um lugar cada vez mais procurado por quem quer otimizar todos os espaços do lar.

Para dar conta de atender um número maior de clientes sem perder a qualidade, é necessário otimizar os processos. Não apenas essa questão economizará tempo e dinheiro, como ainda melhorará o fortalecimento da marca no mercado.

Por isso, veja quais são os 5 passos para conquistar esses efeitos e saiba como colocar cada um em prática!

1. Conheça os processos básicos de gestão da sua marcenaria

O primeiro passo para realizar uma otimização dos processos é entender quais são as etapas básicas do funcionamento da sua marcenaria. Embora cada negócio tenha as suas particularidades, algumas etapas aparecem com bastante frequência em praticamente todos os estabelecimentos desse tipo.

Dentre os básicos para o empreendimento, estão:

1.1. Gerenciamento financeiro

O funcionamento de toda a marcenaria moderna, nas diversas etapas, exige recursos financeiros. Somente assim é possível adquirir materiais, pagar funcionários e realizar tudo o que é preciso para obter bons resultados.

O gerenciamento financeiro, portanto, é uma tarefa indispensável para garantir que haja dinheiro o bastante para que tudo isso seja feito. É necessário, por exemplo, cuidar das contas a pagar e a receber, de modo que o fluxo de caixa se mantenha equilibrado e com recursos disponíveis.

Também é essa parte do negócio a responsável por priorizar e definir quais investimentos devem ser feitos, controlar a lucratividade e a precificação e assim por diante.

1.2. Aquisição e gestão de clientes

Entretanto, a marcenaria só terá lucro se ela conseguir converter oportunidades em clientes. São essas pessoas que contratam e adquirem os projetos e, a partir daí, geram a rentabilização para o negócio.

Diante disso, uma etapa igualmente essencial e básica corresponde à aquisição e à gestão de clientes. O empreendimento precisa planejar onde captar os consumidores, quais estratégias de divulgação usar e quais canais são os mais produtivos.

Uma vez que os indivíduos sejam captados, é exigido ter um atendimento condizente para gerar a conversão. Além de tudo, é preciso focar no suporte para garantir a satisfação de quem contrata.

1.3. Gestão de pessoas

Outra parte importante para a otimização de processos em seu negócio é a gestão de pessoas. A marcenaria deve contar com os profissionais certos, tecnicamente qualificados e em número adequado.

Os marceneiros, por exemplo, precisam executar os projetos conforme as especificações. Sem isso, o gerenciamento de plano de corte da madeira pode ser incompleto, o que impede de economizar materiais para marcenaria e, ainda, compromete a qualidade.

Além de administrar o pagamento de direitos trabalhistas, é necessário manter a motivação em alta e diminuir a taxa de rotatividade e os custos associados.

1.4. Relacionamento com fornecedores

Ter bons fornecedores é indispensável para o sucesso da marcenaria moderna, já que contar com materiais adequados e na quantidade certa faz toda a diferença. Porém, não é preciso apenas selecionar corretamente quem fornecerá a matéria-prima.

Pense em questões sobre o relacionamento entre a empresa e a fornecedora, já que isso garante maior flexibilidade. É graças a uma relação intensa que é possível conseguir descontos, formas diferenciadas de pagamento ou menor tempo de entrega para cada pedido.

Diante disso, é fundamental se preocupar com a administração de relacionamentos nesse sentido, ampliando e melhorando as possibilidades.

1.5. Elaboração e execução de projetos

Tão importante quanto todos esses pontos é o passo ligado à elaboração e execução dos projetos. É necessário, em primeiro lugar, ter uma equipe projetista capaz de captar as exigências dos clientes e criar ambiente que estejam realmente relacionados com elas.

Feito isso, a execução precisa acontecer dentro dos termos planejados. O plano de corte, por exemplo, deve ser seguido à risca, assim como todas as etapas de acabamento e decoração.

Cuidar disso significa tratar diretamente da satisfação do cliente, da reputação da empresa e da possibilidade de crescimento.

1.6. Entrega e montagem de mercadorias

Com o projeto devidamente executado, ainda há a etapa logística final, que é a de entrega e montagem. Embora nem sempre receba a atenção devida, essa parte precisa de muito cuidado.

É necessário, por exemplo, cumprir com o prazo de entrega estabelecido em contrato. Isso exige cuidado com as rotas escolhidas e, também, o gerenciamento de imprevistos.

Durante a montagem, tenha pessoas capacitadas e que sigam as especificações de projeto, de modo que o cliente fique inteiramente satisfeito com o resultado obtido.

2. Saiba como organizar de maneira simples o espaço da marcenaria

É muito difícil conseguir processos otimizados se eles não estiverem devidamente organizados. Quanto maior é a bagunça e o desencontro de informações, mais complexo se torna conseguir que tudo funcione conforme o esperado.

Para que essa barreira seja vencida, a organização do espaço da marcenaria moderna é importante. Ela deixa tudo simples e rápido, de modo a favorecer a conquista dos efeitos desejados.

Para acertar nessa tarefa, veja algumas dicas para manter tudo organizado:

2.1. Faça um bom gerenciamento de documentos

Os documentos da marcenaria, muitas vezes, são os grandes vilões da organização. Entre contas, contratos, catálogos e especificações, a gestão pode ficar completamente soterrada por tanta informação.

Para evitar que isso aconteça, o ideal é fazer um gerenciamento adequado. Mantenha os elementos organizados e devidamente identificados, de modo que possam ser encontrados.

Procure, também, digitalizar todos os documentos possíveis, diminuindo a bagunça física. Crie pastas e subpastas, mantendo tudo sempre em dia. Isso não apenas ajuda o espaço, mas também a tomada de decisões.

2.2. Organize o estoque corretamente

Outro elemento em uma marcenaria que exige muita atenção é o estoque. É lá em que ficam armazenados os materiais principais dos móveis e ele influencia os custos e a organização.

Se ele for muito pequeno, há o desabastecimento e a falta de atendimento. Se ele for muito grande, imobilizará muitos recursos e, além disso, gerará desorganização.

O ideal é separar uma área de tamanho adequado para o estoque, mantendo-o sempre arrumado e com materiais identificados. Conforme surgirem projetos ou acontecerem compras, basta reorganizar a estrutura.

2.3. Pense na disposição de maquinário

A forma como o maquinário fica disposto também influencia o trabalho e a organização. Se o maquinário estiver espalhado por toda a empresa, é mais difícil criar fluxos de produção. Com isso, a produtividade e a otimização saem prejudicadas.

Em vez disso, é melhor pensar em uma disposição centralizada, com os equipamentos importantes ficando em um só lugar. Isso setoriza a marcenaria e ajuda na execução rápida das etapas dos projetos de móveis.

2.4. Mantenha os itens necessários sempre à mão

Além de organizar as máquinas, os itens, como as ferramentas, precisam estar sempre à mão. Não adianta ter um ótimo fluxo de máquinas, indo da execução do plano de corte ao acabamento, se os itens de suporte não estão por perto.

Deixe equipamentos de segurança, ferramentas de apoio e itens de acabamento perto de cada estação de trabalho. Criar espaços altamente focados em cada etapa do processo aumenta a produtividade e garante que cada marceneiro tenha exatamente aquilo de que precisa.

Essa é uma questão individual para cada empreendimento, então vale a pena entender, junto aos profissionais, o que é mais importante de ficar sempre por perto.

2.5. Crie espaços de circulação

A organização também tem a ver com a facilidade de deslocamento. É fundamental que os profissionais possam transitar facilmente entre diferentes pontos do negócio para otimizar as etapas de cada projeto.

Sendo assim, a organização precisa considerar a criação de espaços de circulação. Eles devem ser seguros, especialmente quando estiverem entre máquinas, e muito práticos. Dessa forma, evitam-se acidentes e há um aumento da comunicação entre setores.

2.6. Estabeleça rotinas de organização

Tão importante quanto criar uma organização é conseguir mantê-la. Não adianta ter tudo organizado por uma semana ou um mês e, depois, retornar ao caos. Isso só prejudicará a otimização de processos e a execução de tarefas, em geral.

Por isso, o ideal é estabelecer rotinas de organização. Garanta que todos os colaboradores arrumem suas estações de trabalho antes de sair, por exemplo. Aproveite e demonstre a importância de manter tudo no lugar e os benefícios dessa ação.

Tal atitude garante que tudo esteja sempre organizado e capaz de gerar ótimos efeitos para os resultados.

3. Invista em tecnologia para otimizar os seus projetos de móveis

Os projetos de móveis precisam ser bem-feitos e, tão importante quanto, bem-apresentados para o cliente. Isso faz toda a diferença na hora de conquistar as pessoas e, também, tem a ver com os custos.

Se os projetos são executados rapidamente, há uma redução nos custos. Já uma boa apresentação pode diminuir o ciclo de vendas e, portanto, o emprego de recursos na tarefa.

Nesse cenário, a tecnologia pode ser de grande ajuda e para aproveitá-la ao máximo algumas dicas incluem:

3.1. Compreenda o retorno sobre investimento

É muito comum achar que o dinheiro usado para tecnologia é uma despesa. A verdade, entretanto, é que se trata de um investimento e conhecer seu retorno é fundamental.

Coloque na ponta do lápis o quanto o seu negócio pode ganhar com uma execução rápida de projetos. Verifique, também, os ganhos quanto à conversão de clientes e à diminuição do ciclo de vendas.

Compare esses possíveis ganhos com o custo do investimento e, a partir daí, você terá o possível retorno. Quanto maior ele for, mais adequado é a aplicação de recursos em tecnologia.

3.2. Entenda quais são as necessidades do negócio

Depois de se convencer do emprego da tecnologia dentro da marcenaria moderna, é hora de partir para a seleção dos recursos adequados. Em geral, um sistema integrado é a melhor decisão, de modo que ele ajude tanto em questões burocráticas — como a definição de preço — até na apresentação do projeto renderizado.

Identifique, portanto, quais são os elementos que devem estar presentes na solução adotada. Assim, é possível fazer uma seleção que ofereça o melhor retorno para o seu empreendimento.

3.3. Busque uma solução personalizável

Ao mesmo tempo, também vale a pena buscar uma solução que seja completamente personalizável. A intenção é dar autonomia o bastante para que a gestão possa selecionar quais plugins e módulos utilizar, de acordo com as principais necessidades.

Adotar uma escolha desse tipo é o melhor caminho para ter algo que funciona da melhor maneira para o empreendimento. Assim, é possível obter a versatilidade requerida para conquistar a tão desejada otimização.

3.4. Verifique a experiência e o suporte

É muito importante que a empresa fornecedora de tecnologia tenha grande experiência, especialmente no ramo de marcenaria. Isso faz com que a solução seja segura e adequada, maximizando o retorno de investimento.

Outra questão que não deve ser desconsiderada é o suporte. Mesmo depois de a solução estar funcionando, podem ocorrer problemas em sua utilização. Com isso, é necessário que a empresa ofereça toda a assistência para que sua marcenaria não seja deixada na mão.

3.5. Planeje a implementação

Também não deixe de considerar e de planejar a implementação da solução. Essa é uma etapa crucial, porque pode imobilizar muitos recursos se não for feita corretamente. O melhor, portanto, é desenhar desde já os passos para utilizar a tecnologia da melhor forma.

Reconhecendo a solução desejada, verifique o que precisará ser mudado ou adaptado para comportar a tecnologia. Crie planos de ação, defina responsáveis e estruture um processo capaz de gerar ótimos efeitos.

3.6. Acompanhe e otimize resultados

Mesmo quando tudo estiver funcionando, ainda é preciso ficar de olho nos resultados e nos potenciais de otimização. A ideia é acompanhar de perto os efeitos conquistados a partir da implantação de tecnologia e reconhecer o que pode ser melhor.

Tal ação traz maior segurança e confiabilidade sobre o uso desses recursos, garantindo o melhor aproveitamento. Além de tudo, permite a adoção de novas possibilidades, gerando efeitos progressivamente satisfatórios.

4. Entenda o que é necessário para reduzir custos

Ao reduzir custos, a sua marcenaria aumenta a rentabilidade e a lucratividade. Isso significa um aumento de recursos disponíveis para investir, melhoria do fluxo de caixa e ganho de capacidade financeira.

Além de ajudar o gerenciamento de finanças, ainda é uma ação que contribui para o crescimento empresarial. Porém, para que isso aconteça é necessário reunir os seguintes fatores:

4.1. Estruturação de processos

Quanto mais escaláveis os processos forem, menores são os custos envolvidos em sua realização. Criar um fluxo de trabalho estruturado, partindo da elaboração do projeto até a entrega, orienta os colaboradores e diminui o tempo gasto.

Ter uma forma de precificação automatizada, por exemplo, ajuda a garantir que todos os orçamentos sejam padronizados, o que também reduz os gastos.

Por causa disso, crie uma ótima estruturação, aumentando a facilidade de execução de tarefas.

4.2. Controle de desperdícios

O gasto de materiais é uma das maiores despesas de um negócio. Desperdiçar produto, portanto, é uma forma de gastar demais. Por outro lado, evitar o desperdício é um jeito de diminuir os valores gastos.

Para fazer isso, busque otimizar os processos, deixando essas duas questões lado a lado. Um bom gerenciamento de plano de corte, por exemplo, permite o aproveitamento total das chapas.

Diminuir retrabalhos e erros também é uma forma de evitar a situação, gerando impactos positivos nas finanças.

4.3. Negociações adequadas

Melhores negociações com fornecedores, normalmente, levam a custos menores de aquisição. Assim sendo, o seu empreendimento tem que ser capaz de realizá-las.

Sem ter grande porte para fazer negociações muito volumosas, é ainda viável priorizar os fornecedores que valorizam o relacionamento a longo prazo, por exemplo. Assim, a relação de parceria gera descontos e condições que ajudam o fluxo de caixa.

Fazer cotações e avaliar constantemente os fornecedores atuais é indispensável para conseguir melhores negociações de compra.

4.4. Aumento da comunicação

Para que tudo dê certo, a marcenaria moderna precisa ter setores que se comunicam. Os marceneiros e os projetistas devem se comunicar corretamente para que dúvidas sejam esclarecidas. Da mesma forma, as áreas financeira e de gestão de compras devem estar alinhadas, para que os recursos certos sejam empregados.

Por isso, é indispensável aumentar a comunicação. Sistemas de tecnologia são ótimos nessa tarefa, aumentando e favorecendo a integração. Como consequência, o negócio fica robusto e estratégico, diminuindo os custos.

4.5. Melhoria no gerenciamento

Quanto melhor é a gestão das diversas áreas do empreendimento, menores são os custos causados por falhas ou subaproveitamento. Por outro lado, ao se tornar confiável e dinâmica, podem-se economizar recursos e diminuir despesas.

Novamente, a tecnologia é importantíssima. Ela ajuda a gerar dados confiáveis, a apoiar a tomada de decisão e a automatizar processos. O efeito é a redução de despesas conforme o esperado, ampliando as possibilidades para o empreendimento.

4.6. Fidelização de clientes

Em geral, fidelizar um consumidor custa de 5 a 7 vezes menos do que adquirir um novo. Afinal, é muito mais fácil vender para quem já conhece os seus processos e a qualidade dos seus móveis.

Por causa disso, o foco precisa mudar. Em vez de apenas se preocupar com a aquisição de novos clientes, é fundamental trabalhar com quem já comprou. Ao maximizar a satisfação e manter o contato sempre próximo, aumentam as chances de novas vendas e da fidelização dessas pessoas.

5. Entregue mais valor para os seus clientes e aumente seu lucro

Outra maneira de aumentar o lucro é aumentando o valor entregue a cada cliente. Isso não significa aumentar o preço e, sim, melhorar a percepção de quem consome.

Quando esse elemento fica elevado, as pessoas tendem a ficar mais satisfeitas, o que significa compras recorrentes e indicações a outros indivíduos.

Há, ainda, uma questão quanto ao preço, que se torna competitivo sem, necessariamente, ser menor. Para atingir esse efeito, coloque em prática as seguintes dicas:

5.1. Incremente o atendimento

Um atendimento altamente personalizado e preparado tende a ressoar muito bem com os clientes. Eles se sentem ouvidos e as suas necessidades são consideradas na hora de montar um projeto.

Com isso, o resultado tende a ter maior valor e a parecer mais satisfatório. Portanto, crie processos de atendimento diferenciados e que coloquem o cliente no centro de toda a etapa, aumentando a sua integração.

5.2. Melhore a apresentação dos projetos

Um projeto apresentado de maneira diferenciada ajuda o consumidor a enxergar como será o resultado em seu lar. Como consequência, há maiores possibilidades de ele fechar negócio e se sentir satisfeito.

Novamente, a tecnologia pode ajudar. Com um bom sistema de apresentação, é possível criar opções altamente personalizadas e realistas, tornando a experiência agradável.

5.3. Aumente a qualidade dos móveis

O valor também está diretamente relacionado à qualidade. Quanto melhor um elemento é, maior tende a ser o valor percebido. Sabendo disso, vale a pena buscar otimizar a qualidade dos móveis vendidos.

Isso é possível, por exemplo, ao criar processos de corte ou de encaixe, ao usar materiais diferenciados ou ao ampliar as opções de elementos e conjuntos personalizados. Como consequência, a percepção sobre o empreendimento fica otimizada e a atuação dos consumidores, muito melhor.

5.4. Diminua o tempo necessário para entrega

Outro elemento que pesa bastante na percepção de valor é o tempo exigido para a entrega. Demorar demais para finalizar o processo, normalmente, não é bem recebido pelos clientes, que desejam ter seus elementos quanto antes.

Por isso, vale a pena estruturar sua marcenaria para diminuir o tempo necessário para entrega. A partir da automação de tarefas e capacitação de pessoas, por exemplo, tudo fica rápido.

Ao mesmo tempo, não comprometa a qualidade nessa aceleração, já que os resultados podem se tornar negativos.

5.5. Facilite o pagamento

Também é uma possibilidade considerar tornar o pagamento facilitado. Pedir uma entrada e receber o restante na entrega é praxe, mas é possível melhorar.

Oferecer descontos para quem paga tudo à vista ou permitir o pagamento via cartão de crédito são duas boas possibilidades.

Porém, isso exige um gerenciamento financeiro muito robusto. Dessa forma, é relevante otimizar essa parte antes de criar possibilidades para que os pagamentos sejam feitos.

5.6. Crie diferenciais competitivos

Sabe aquela sensação de estar em um lugar que oferece o que ninguém mais tem? Pois se os seus clientes se sentirem assim, o valor da sua marca vai às alturas. Para tanto, é necessário oferecer um diferencial competitivo.

Pode ser um catálogo completo, uma solicitação de orçamento sem compromisso ou um atendimento via Whatsapp. A questão é que, ao oferecer pontos diferentes para os clientes, aumentam as chances de que eles fiquem muito interessados em seus produtos, gerando o aumento da lucratividade.

Diante desses passos, a marcenaria moderna ganha competitividade, diferenciação e otimização. Como resultado, seu empreendimento ficará muito fortalecido, com chances de crescimento e cada vez mais capaz de atender ao público.

Já que as finanças são tão importantes nesse sentido, baixe gratuitamente nosso guia completo de administração financeira para as marcenarias e veja dicas úteis!

Sobre Promob

Criada em 1994, a Promob é uma empresa de tecnologia e inovação especializada no desenvolvimento de soluções em softwares.
Atualmente seu portfólio de produtos abrange ferramentas de projeto, fabricação e gestão, incluindo a customização conforme as necessidades de cada cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *